Boyden Executive Search

By Luís Melo

O atual ambiente digital encontra-se a afetar, a um ritmo crescente, Organizações e modelos de atuação em áreas geográficas diversificadas. Seja pela sua integração nos processos internos das Organizações, seja pela disrupção causada externamente no mercado através de concorrentes orientados à inovação, as competências digitais surgem como uma força de carácter transformacional.

Face a este ambiente, as competências digitais já não se apresentam como um fator de carácter opcional para a liderança em contexto corporativo. Verifica-se uma exigência para introduzir o “Digital” enquanto meio de interação com o mercado, criação de novas cadeias de valor, avaliação de dados sobre clientes e identificação de tendências, exercendo uma influência notória sobre todos os aspetos do contexto de negócio.

De que modo devem os gestores e membros de Boards nas organizações preparar-se para capitalizar estas competências digitais? Que características e investimento serão necessários para a gestão neste contexto ser bem-sucedida? Como podem ser endereçados os desafios identificados e colhidos os benefícios provenientes desta nova realidade? E que mudanças à estrutura, cultura e pessoas numa Organização podem ser esperadas?

A visão da Boyden face aos desafios neste âmbito deve ser clara – a de auxiliar clientes no reforço da sua compreensão sobre de que modo a atual revolução digital vai influenciar o seu negócio, fomentar a incorporação do tema digital nas suas estratégias e de acordo com os seus objetivos e ajudá-los a identificar, atrair, desenvolver e reter talento neste ambiente de acrescida procura por conhecimento e competências, de modo a posicionar as suas Organizações numa situação de vantagem competitiva.

Torna-se crucial que as Organizações estabeleçam estratégias capazes de guiar a implementação destes recursos, delegar tarefas e assegurar uma transição eficaz para um estado de atuação digital. Os recursos digitais devem encontrar-se desenvolvidos em torno de um mandato abrangente e que integre a organização como um todo. O único modo de garantir que uma estratégia digital possa ser bem-sucedida consiste em integrá-la na estratégia global da organização; esta não se pode cingir a uma estratégia de suporte. Quando desenhada corretamente, esta estratégia digital deve ser um elemento central, não competindo com os restantes aspetos de prossecução de negócio.

Torna-se fundamental que os responsáveis pela gestão ajudem a liderar este contexto de transformação e se envolvam no desenvolvimento de uma estratégia digital e de identificação de talento e promoção de uma cultura corporativa que a sustente. Devem, para o poder fazer eficazmente, possuir as competências, experiência e perspetivas relevantes para executar as suas metas de liderança numa era de desafios acrescidos, de um novo discurso e de procura por uma liderança de natureza distinta.

This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website.  Learn more